sexta-feira, 2 de outubro de 2009

"AR DE ROCK" - RUI VELOSO


Este é, ainda hoje, um grande álbum. Grandes, as músicas e as letras – a maioria destas com a assinatura de Carlos Tê, emergente escritor de canções que se tornará um marco e referência da música portuguesa das últimas décadas. De tal modo é importante a sua participação que até "dá direito" a foto no "inner sleeve" (invólucro interior). E, nas palavras que Rui Veloso dá corpo musical, Tê não está nada mal acompanhado, pois dois poemas – "Miúda (fora de mim)" e "Donzela Diesel" – têm como autor António Avelar Pinho (um dos mentores da Filarmónica Fraude e da Banda do Casaco), que também produz o álbum.
"Chico Fininho" é o pontapé para o "boom", mas "Sei de uma camponesa", "Afurada" e "Bairro do Oriente", por exemplo, são temas fantásticos, levando a que se cumprisse o estipulado na contracapa: "este disco deve ser tocado bem alto".

[ver mais aqui no museu]

12 comentários:

bissaide disse...

Muitos parabéns desde já pelo site. Os conteúdos e o grafismo estão excelentes. Foi o amigo Aristides Duarte que me chamou a atenção e em boa hora o fez. Ainda só abri algumas páginas mas o que vi já deixa perceber a seriedade do trabalho e a certeza que o projecto irá crescer. Muitos parabéns, mesmo - fazia falta algo assim na internet! No que puder ajudar, estou ao dispor.

david rosa disse...

boa noite.parabéns pelo blogue,trata-se de uma óptima ideia!aqui revisitamos as origens do rock português com as capas de autenticas pérolas.um abraço!

*©OsMi©_KeY§*_® disse...

Já deixei um comentário em resposta ao mail que recebi, sem duvida o Universo de Admiradores do Som Nacional só pode estar grato ao A.L.C.
OBRIGADO

Culto do Vinil

António Luís Cardoso disse...

Passe o vosso abençoado exagero, OBRIGADO pelos comentários! Quanto a ajudas futuras, vou precisar, mesmo! Abraço a todos.

rc disse...

"judite", "merda" por um lado e se calhar alguns regionalismos não eram comuns nã música que se fazia até aquela altura.

nyrd disse...

Tive a ver a ficha do "Ar de Rock" e tenho ideia (não sei se é uma heresia) de que o autor da música do "Chico Fininho" é o Carlos Tê. Quando chegar a casa vou confirmar mas a certeza era (!) tanta que me deu logo para escrever aqui.

No single dos Xutos tem CT/RV mas no wikipedia (fui agora confirmar) já diz apenas Carlos Tê.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ar_de_Rock

António Luís Cardoso disse...

Boas, Nyrd.

A letra do "Chico Fininho" é do Carlos Tê; a música é do Rui Veloso.

Não pode haver Wikipédia que desminta a ficha técnica do disco. LOL

Um grande abraço e obrigado!

ALC

l1xer disse...

Quem é o pai do Chico Fininho? No site oficial (que tem um erro crasso como incluir o disco de tributo na discografia do artista) tem o seguinte: Na biografia-1979 indica que Chico Fininho tem letra e música de Carlos Tê. Na info do Ar de rock clica-se na letra de "chico Fininho" e diz apenas Carlos Tê quando aparece Rui Veloso e Carlos Tê nos outros temas. Vou tentar verificar na edição reamsterizada do "ar de rock", na edição que saiu na visão, no livro do público, no best-of ou nos discos aos vivo.

Anónimo disse...

"Chico Fininho" tem letra e música de Carlos Tê, como vem no "Ar de Rock" ou nos registos da SPA.

Anónimo disse...

"Chico Fininho" tem letra e música de Carlos Tê, como vem no "Ar de Rock" ou nos registos da SPA.

nyrd disse...

http://dn.sapo.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=1711612&seccao=M%C3%BAsica

"Antes de conhecer o Rui, já tinha a letra e a música do Chico Fininho. Tinha escrito aquilo para explorar o lado kitsch da música portuguesa, para me divertir e cantar entre amigos. O Rui fez um bom arranjo e levou a canção com outras que escrevi em inglês à Valentim de Carvalho, em Lisboa...", explica Carlos Tê ao DN.

nyrd disse...

No blog guedelhudos tem um post de Agosto/2011 com a capa do single "Chico Fininho". Nos comentários é confirmada a autoria de Carlos Tê depois de conversa de LSO com Rui Veloso.